quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Umbanda e seu Arquétipo Social



Gostou deste vídeo?
Deixe seu comentário

5 comentários:

Elis Cavalcante disse...

Excelente, breve e esclarecedor.
Parabéns Rodrigo por nos trazer esta visão pragmática de nossa religião.

José Mauad disse...

Rodrigo, salve seu axé!
É impressionante como você é capaz de falar tanto em pouco tempo.

Obrigado por ser resignado e guerreiro nesta caminhada.

A Umbanda é diferente por você existir nela.

Motumbá!

José Mauad

Anônimo disse...

Salve Rodrigo,
mto bom o video,somente um ponto me deixou em dúvida.
Vc diz que a Umbanda é uma religião urbana.....eu tenho alguma dificuldade em entender isso,posso ter entendido de forma incorreta mas se entendermos que tudo na umbanda está relacionado à natureza e principalmente,na maioria dos casos, o guia de trabalho do médium(na direita)é o caboclo, então isso remete ao campo na realidade e não ao urbano,vc não acha......!!!
Um grande abraço
Saudações
Josué
josusilva@terra.com.br

Rodrigo Queiroz disse...

Olá Josué, obrigado pela participação.

Quando digo que a Umbanda é uma religião urbana, me baseio no seu contexto histórico, foi originada na zona urbana e é desenvolvida desta maneira.
Ela se constitui estruturalmente de forma urbana.

E é aí que está sua beleza, pois não podemos confundir urbanidade com distânciamento da natureza. Pois nós seres humanos somos seres naturais.

Como você citou, a linha de Caboclos é uma das linhas que favorece a convergência do homem urbano para a essência natural, o reencontro com a natureza.

São estes e muitos outros temas que abordamos neste curso.

Abraços

Zenaide disse...

Bom dia, Rodrigo,

Na minha casa adoramos ouvir sua palestra, ler os textos.
Sempre aparece um amigo precisando de uma palavra e procuramos sempre repassar o seu blog.
Estamos aprendendo muito, continue sempre assim.
Abraços desta familia que muito aprende através do seu canal.
Zenaide, Rosely, Ronaldo e Renato